Trabalhos Selecionados

A comissão científica dá as boas-vindas a todos e todas pesquisadores/as que participarão da primeira Roda Baiana de Pesquisadore/as: Arte e Presença Negras. Parabenizamos as pesquisas selecionadas!

A roda será aberta para participação de ouvintes, respeitando a lotação do espaço. Teremos espaços para perguntas e diálogos sobre as pesquisas e desdobramentos das práticas empreendidas por cada pesquisador/a. Todas e todos estão convidadxs !

Atenciosamente,

Mabel Freitas, Erico José, Amélia Conrado, Daniela Amoroso, Osvanilton Conceição, Rosângela Costa Araújo – Comissão científica.

PESQUISAS QUE SERÃO APRESENTADAS NO DIA 17/02, ÀS 14H, TEATRO MARTIM GONÇALVES. ATIVIIDADE ABERTA AO PÚBLICO.

Bando de Teatro Olodum: um difusor de questões raciais através de militância cênica – Régia Mabel da Silva Freitas, Doutorado em Difusão do Conhecimento (DMMDC UFBA).

A mediação da técnica de Germaine Acogny (Ecole des Sables) na preparação do ator-bailarino na contemporaneidade – Roberta Ferreira Roldão Macauley, Doutorado em Artes Cênicas (PPGAC UFBA).

Práticas político-culturais e intelectuais negras de descolonização do conhecimento no Brasil – Nádia Maria Cardoso da Silva, Doutorado em Cultura e Sociedade (UFBA).

Da dramaturgia ficcional ao real: intersecções entre a dramaturgia do espetáculo Antônia e da narrativa de mulheres reais – Andréia Fábia Santos, Mestrado PPGAC (UFBA)

Corpo negro feminino: representações nas performances do maxixe e do samba – Daniele Anatólio, Mestrado em Artes Cênicas (UNIRIO)

Como falar de coisas invisíveis? Vidas negras como convocatórias para as cenas de performances de mulheres negras – Valdimere Pereira de Souza, Mestrado Mestrado em Dança (UFBA).

Educação musical sob uma perspectiva descolonizada: a descolonização de práticas pedagógicas para a efetivação da Lei 10.639/03 através do ensino de música – Valnei Santos, Mestrado em Música.

A estética do oprimido de Augusto Boal no processo de criação de imagem do espetáculo de Teatro-Fórum “Cor do Brasil” – Christiano Cesar Mattos Dias (Cachalote Mattos), Mestre em Artes Cênicas UNIRIO.

A arte de afirmar a ação: a valorização e o fortalecimento da identidade negra através do ensino aprendizagem do teatro – Francislene Conceição Freitas de Sales, Licenciada em Teatro UFBA.

A invisibilidade da atriz negra na TV brasileira: da dissimulação ao protagonismo (1950 a 2000) – Telma Silva Sousa, Licenciatura em História (UNIJORGE).

Filosofia do teatro negro de rua: uma fundamentação teórica em construção – Fabricio Silva de Brito, Faculdade de Filosofia (UFBA).

Anúncios